Lembranças e tentativas.

8 de julho de 2011
Em frente ao mar,olhando o Sol se pôr,e vendo meu amor se distanciar. O vento que envolve meus cabelos em seus enigmáticos movimentos,é o mesmo vento que te trouxe aqui e depois levou. A brisa que me leva a pensar no passado, é a mesma que hoje sente minha lagrima escorrer pelo meu rosto. E a cada vez que olho para as nuvens,lembro de você,não sei se um dia vai voltar,quem sabe esse vento não te traz de volta?


Tento me conformar,tento não pensar mais,tento não chorar,mas é impossível,quase irremediável essa dor que aflora em meu peito. Um dia quem sabe,poderei me sentir melhor,enquanto me restar a esperança,continuarei vindo a esse mar que me traz tantas lembranças suas.E meras lembranças de felicidade,comigo pra sempre ficarão.Eternamente,aqui por dentro , em meu coração.

18 comentários:

Luana Feres disse...

"quem sabe o vento não te traz de volta", já tive esse pensamento diversas vezes. As vezes o vento não traz a pessoa que você está pensando, e sim alguem ainda melhor. Tomara que aconteça isso contiigo, bonita.
To seguindo.
A proposito, devia ser um bug do blog, tenta lá de novo.
Beijos.

Angélica Lada disse...

e muitas vzs nem damos valor pra essa pessoa melhor.
Pode deixar jaja eu passo la de novo

ThiSatiro disse...

Basta observar nas pequenas coisas do nosso dia a dia, quemsabe ele não esteja presente?

Bj!

paradigmas universal disse...

Coração deixa de ser triste coração

Angélica Lada disse...

ThiSatiro, mas acredito que quando queremos ''uma'' certa coisa, ou talvez errada, olhamos sempre pra frente, apenas em direção aquilo, e nao paramos pra olhar pro lado, pras pequenas coisas do dia a dia, dai complica né haha

Angélica Lada disse...

paradigmas, as vzs é complicado, mas no caso do texto é um texto bem antigo, que eu escrevi há anos, pra um outro blog, e resolvi postar, agora coração ta bem ad kaçskldas

Saulo Thiago disse...

são as lembranças e as experiências que nos tornam quem somos, então não podemos dizer que queremos esquecer isso ou aquilo, digamos que temos apenas que superar. Quanto ao amor.. sei o quanto é difícil, mas como eu sempre digo, ninguém morre de amor!

Seu blog é muito charmoso! volto sempre!

verdadesquemeconvem.blogspot.com

Angélica Lada disse...

Saulo Thiago, olha que morre asçldkçalskdasd, na ficção tudo pode acontecer, escrevi um texto dias atras, um conto pra concorrer em um concurso da Cantão em que uma pessoa morreu por amor, doando a vida por quem amava haha *-*
dmasçdksad, awn, obrigada querido, tentamos fazer o possivel e deixar o mais bonitinho possivel ne hahah
pode deixar que voltarei sim =)

J.R. disse...

Lembranças desse tipo mexem com o sentimento mais profundo do ser!! É complicado...eu sei bem disso!!

Angélica Lada disse...

é complicado sem dúvidas sim :/

equipeloveme disse...

Olá,
Adoramos o seu blog e já estamos te seguindo.
Esperamos sua visita no nosso blog.
Um beijo!

Uma personagem. disse...

Texto mtooo legal =D
O vento que leva algo muitas vezes não devolve o que levou, mas sempre trás algo bem melhor. ;D
Passa no blog meu depois?

Angélica Lada disse...

equipeloveme obrigada querida, manda o link que a gente passa la com ctz =)

Angélica Lada disse...

Uma personagem, as vzzs ne ahaha
mesma coisa que o de cima haha, manda o link que a gente passa lá =)

blogtatudodominado disse...

Gostei muito do seu blog, suas postagens são otimas, tou seguindo se poder retribuir ficarei feliz :)

http://blogtatudodominado.blogspot.com/

Angélica Lada disse...

Pode deixar que vou dar uma passada lá

Caarter disse...

muito legal teu blog ;DD
obrigada por seguir o meeu *-*

Angélica Lada disse...

De nada =)