Um Pai de outra dimensão.

13 de agosto de 2011

Não sei ao certo se cheguei tarde naquele dia, ou se você arrumou suas malas (pra sempre) cedo demais. Quando coloquei meu pequeno pé na estrada da vida, sua jornada chegava ao fim, e apenas pude ver você sumir, aos poucos, em um túnel com uma luz que cega de tão branca como a paz. Especialmente as vésperas do dia dos pais, ao cair o crepúsculo, sinto arrepios e sua presença, me aconchegando perto do seu peito.

É quando me sinto sozinha, e sem forças, que imagino você esticando sua enrugada mão, para me segurar, e atravessar ao meu lado a ponte que me coloca medo, e ao chegar na outra ponta apenas diz que sou capaz de continuar sozinha. É quando me recosto na cadeira, seguro a caneta com as mãos e olho para um retângulo branco, que imagino como você escreveria no meu lugar, e mostraria a todos seu talento com as palavras.

Não pude nem dizer adeus, nunca pude afagar seu cabelos, nem tocar seu rosto e hoje eu cresci,  em uma dimensão diferente da sua, mas pode ser que daqui a algum tempo, possa eu, estar sentada em seu colo, sobre as nuvens brancas onde você mora, e sermos uma estrela mais brilhante que você sozinho, a minha espera, para poder me segurar em seus braços pela primeira vez.

Pai me perdoa por eu ter chegado, quando já não estava mais nesse mundo, para poder ouvir meu Feliz Dia dos Pais. Mas hoje, não há outro jeito e sei que de alguma forma você me ouve gritar, antes de cair sobre o chão frio sem forças. Seja sentado tomando apressadamente, sua caneca de café junto a Deus ou escrevendo seu  jornal em uma velha máquina datilográfica, tenha um Feliz Dia dos Pais, meu velho Pai.

30 comentários:

Peraltaaa disse...

Isso aii, Pai é pai mesmo ^^

Jéssica Müehlbauer disse...

LINDO TEXTO, me emocionei com ele, você escreve muito bem, parabéns. :*

ostons2.0 disse...

Me emocionei muito, belo texto e cara o meu pai é tudo pra mim

Angélica Lada disse...

Peraltaaa obrigada por comentar, e acabei de sair do seu blog haha

Angélica Lada disse...

Jéssica Müehlbauer, awn linda obrigada querida. A gente tenta né, mas fico feliz que tenha gostado e que se emocionou haha

Angélica Lada disse...

ostons2.0 pai é parte da gente, mesmo estando longe, onde nao se pode tocar a sua mao ):

Peraltaaa disse...

Angelica, topa parceria?? To começando meu blog agora, mais vi que vc pensa como eu *-* rsrrs

Angélica Lada disse...

Peraltaaa, me manda o banner e tal porque na verdade eu nao to com vagas abertas e tal, porque nao to tendo tempo pra arrumar as coisas e tal, mas me manda que eu coloco no lugar do Meninos Cor de Rosa que foi excluido :D

Thamíris disse...

Cara que lindo texto.
E obrigada por me oferecer ajuda, eu vou pedir mesmo, sou cara de pau. E já to seguindo aqui. A e os nosso blogs são de textos, se quiser parceria seria legal. Bjs.

Dezoitovoltas.blogspot.com

Ana Machado disse...

Me emocionei com o texto *-*.
Assim como na vida de muitas pessoas meu pai é super importante na minha, ele me apoia e me ama do jeitinho que eu sou, o que é o mais importante.



Beijo beijo

Angélica Lada disse...

Thamíris açdkaçsdkl, pode pedir mesmo querida :D e obrigada por seguir tbm =)

Angélica Lada disse...

Ana Machado, sem duvidas, como mãe, pai também temos um só né :D

Bruna Caroline disse...

Nossa que lindo , emocionante.

Bjo

http://vidrinhosapaixonantes.blogspot.com/

Angélica Lada disse...

Bruna Caroline Obrigada :D

Backstage disse...

Fiquei até com vergonha dos textos que tentto escrever... Emocionante.

backstage-gi.blogspot.com

Angélica Lada disse...

Para de ser boba, ja visitei seu blog, e você escreve super bem hehe

lollyoliver disse...

Texto lindo.. Chorei.. Amei.
http://lollyoliver.wordpress.com/

Carlos Rodrigo disse...

Muito Bonito.
Parabéns.
http://carlosrodrig.blogspot.com/

Vinicius Guahy disse...

Parabéns pelo blog.

Artur disse...

Belíssimo texto. =]
Pais são pais e vice-versa ^^

Beatriz Andrade . disse...

O pior não é ter perdido um pai, e ser rejeitada por ele. Isso, é o que mais dói.

Besos,

http://paraisodemenina.blogspot.com/

Angélica Lada disse...

lollyoliver fico feliz por ter se emocionado, hihi

Angélica Lada disse...

Carlos Rodrigo Obrigada querido :D

Angélica Lada disse...

Artur Obrigada :D

Angélica Lada disse...

Vinicius Guahy Obrigada querido :D

Angélica Lada disse...

Beatriz Andrade, o pior ainda é quando acontece as duas coisas com a mesma pessoa, complica mais ainda :/

Laiane disse...

que lindo!! fiquei arrepiada. não lembro de ter lido hj uma declaração tão emocionante.

Mosaicos de uma vida disse...

Ôh querida, que lindo texto. Que bom que a relação te permite expressar esse sentimento, embora triste, mas com amor.
Por cconscidência meu texto mais recente também foi para meu pai.
cheiro e bom domingo!

Angélica Lada disse...

Laiane, que bom e fico feliz em saber que ate agora a minha foi a melhor ahha

Angélica Lada disse...

Mosaicos,dizem que muitas vezes os sentimentos tristes, sao os mais intensos e mais fáceis de se descrever né